×

Ataque aos servidores | Mourão diz não haver espaço no orçamento para reajuste em salário de servidores públicos

Os servidores públicos estão há 5 anos sem reajuste em seus salários, que fica cada vez menor com a alta da inflação. Bolsonaro e Mourão atacam os direitos dos trabalhadores enquanto prometem conceder ajuste salarial à policiais federais, com R$1,9 bilhões do orçamento podendo ser destinados a esse aparato repressivo do Estado.

terça-feira 18 de janeiro | Edição do dia

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Nesta terça-feira (18), o vice presidente Hamilton Mourão afirmou em entrevista que não há espaço no orçamento para 2022 para o reajuste nos salários dos servidores públicos.

“Você sabe muito bem que não tem espaço no Orçamento para isso, né?”, disse ele em entrevista a jornalistas em frente a seu gabinete.

Nesta terça-feira, os servidores públicos protestaram em defesa do reajuste de seus salários há cinco anos congelados. Enquanto o governo nega salários dignos aos trabalhadores do funcionalismo público que ganham em média de 2 a 4 salários mínimos, Bolsonaro promete um reajuste de R$1,9 bilhão para policiais federais, que possuem salários na faixa de R$12 mil a R$30 mil reais.

Leia mais sobre: Servidores protestam nesta terça por reajuste salarial, enquanto Bolsonaro favorece policia

Bolsonaro já prometeu o reajuste para agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Federal (PF) e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), esse setor que serve como aparato repressivo do Estado contra os trabalhadores e que compõe a base eleitoral de Bolsonaro

No marco de uma grande crise, com a alta da inflação que gera um enorme arrocho salarial, Bolsonaro e Mourão atacam os salários dos servidores públicos para garantir os lucros dos capitalistas e os privilégios de seus apoiadores.

Somente os trabalhadores organizados em luta podem derrotar os ataques de Bolsonaro, Mourão e capitalistas, para além de lutar contra esse governo, revogar todas as reformas implementadas que servem para garantir o lucro dos capitalistas enquanto deixam o trabalhador na miséria.

Pode te interessar: Pela revogação integral da reforma trabalhista e de todas as reformas




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias