Política

MEIO AMBIENTE

Mourão admite problemas enquanto defende a impunidade dos latifundiários que queimam o país

Ato falho de Mourão que admite problemas ambientais no Brasil não muda a verdadeira face defensora da impunidade para os latifundiários criminosos que queimam o país.

segunda-feira 5 de outubro| Edição do dia

Em um compromisso fora da agenda oficial, no domingo (4), Mourão, em visita à Expointer, reconheceu problemas na preservação do meio ambiento e afirmou a necessidade de um esforço diplomático para reverter a imagem negativa gerada do Brasil no exterior. Indo num discurso contrário à Bolsonaro, que diz não estar havendo queimadas no Pantanal e na Amazônia, Mourão diz não negar os problemas existentes no Brasil.

Porém, ao ser questionado sobre as críticas internacionais ao desmatamento na Amazônia e queimadas no Pantanal, Mourão defendeu que cabe ao governo “impedir” que os infratores sejam punidos: “Nosso agronegócio, ele é o protetor do meio ambiente. Toda a regra tem exceção. A imensa maioria, vamos botar aí 95% dos nossos proprietários rurais, cuidam muito bem da sua terra e são os grandes protetores, os grandes cuidadores do grande patrimônio que nós temos, que é o nosso território. Então, compete ao governo, em todos os níveis, impedir que aqueles que não obedecem às nossas legislações, em particular o nosso código florestal, sejam punidos de acordo com a lei”.

Lembrando também que recentemente, a frente do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Mourão tentou amenizar os dados dos satélites que mostram as queimadas, dizendo que “as imagens acusam todos os focos de calor, o que não significa incêndio, pois qualquer área com temperatura acima de 47º - uma fogueira, por exemplo – assim identificada”. Mourão afirmou ainda que “alguém” dentro do INPE faz “oposição” ao governo querendo divulgar os dados que na verdade são públicos na internet.

Isso só comprova que esse governo não representa a classe trabalhadora e só está a favor dos grandes banqueiros, capitalistas e latifundiários, sendo capaz de fantasiar a realidade do Brasil até mesmo em discurso na ONU.




Tópicos relacionados

PANTANAL    /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Amazônia   /    Hamilton Mourão   /    Incêndio   /    Meio Ambiente   /    Política

Comentários

Comentar