Sociedade

COVID-19 NAS FAVELAS

Mortos por Covid-19 nas favelas é o dobro dos mortos em bairros das elites

Moradores das periferias são os mais afetados pela política catastrófica dos atores políticos do regime. Bolsonaro, STF, Congresso, governadores e prefeitos são os responsáveis por essa situação calamitosa nas periferias brasileiras.

quarta-feira 14 de abril| Edição do dia

FOTO: Marco Favero / Agencia RBS

Pesquisa realizada pelo Instituto Data Favela, em parceria com a Locomotiva — Pesquisa e Estratégia e com a Central Única das Favelas (CUFA) demonstrou que o número de óbitos por Covid-19 é duas vezes maior nas favelas em relação aos bairros das elites.

A pesquisa entrevistou moradores de 76 favelas do Brasil inteiro entre 9 e 11 de fevereiro deste ano. 68% dos moradores não conseguiram dinheiro para comprar comida em ao menos um dia. As refeições diárias dos moradores caíram de 2,4 em agosto de 2020 para 1,9 em fevereiro, e 71% das famílias das favelas agora sobrevivem com menos da metade da renda obtida antes da pandemia.

Nove em cada 10 destes moradores receberam alguma doação. Sem a doação, oito em cada 10 famílias não teriam condições de se alimentar, comprar produtos de higiene e limpeza e pagar contas básicas.

Estes dados são de fevereiro, mas certamente agora em abril as coisas devem estar muito piores, levando em consideração o número cada vez maior de pessoas que estão entrando na extrema-pobreza.

Tudo isso é consequência da política desastrosa de Bolsonaro e os outros atores desse regime golpista, como o STF, o Congresso, governadores e prefeitos, que não garantem as condições mínimas necessárias para os trabalhadores se protegerem da Covid-19, e ao invés disso deixam o trabalhador encurralado pela miséria, pela fome, pelo desemprego e pelo perigo de se contaminar, não podendo ficar em casa pois precisa ir trabalhar, o que só beneficia os capitalistas, que exploram esses trabalhadores e aumentam suas fortunas à custo da catástrofe da pandemia.

Veja mais: População abaixo da linha da pobreza triplica na pandemia e atinge 12,8% dos brasileiros

Insegurança alimentar atinge mais de metade da população no Brasil de 11 novos bilionários




Tópicos relacionados

BolsonaroGenocida   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas   /    MORTES COVID-19   /    Miséria capitalista   /    Desigualdade   /    Desigualdade   /    Pobreza   /    Crise do Coronavírus   /    favelas   /    COVID-19   /    Pandemia   /    Coronavírus   /    Fome   /    favela   /    Sociedade

Comentários

Comentar