×

Fundador Cebrap | Morre aos 91 anos José Arthur Giannotti, filósofo e professor emérito da USP

Morreu nesta terça-feira, 27, o professor da USP José Arthur Giannotti, considerado um dos maiores nomes da filosofia brasileira, aos 91 anos. A causa de sua morte não foi informada.

terça-feira 27 de julho | Edição do dia

Imagem: Edilson Dantas / Agência O Globo

José Arthur Giannotti era do interior paulista de São Carlos, professor emérito da Universidade de São Paulo (USP) e ajudou a fundar o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), entidade de estudos sociais e de formulação de políticas que surgiu em 1969 e reunia opositores do regime militar.

Nesse mesmo ano, em 1969, Giannotti foi aposentado compulsoriamente da USP por conta da perseguição ditatorial. Ele foi o fundador do grupo "Seminários Marx", criado entre as décadas de 1950 e 1960, que também tinha entre seus participantes historiadores, economistas, cientistas sociais, críticos literários e filósofos - entre eles Roberto Schwarz, Fernando Henrique Cardoso, Paul Singer e Ruth Cardoso, em diferentes gerações.

Em 1980, ajudou a fundar o PT e na década de 90 se aproximou do PSDB. Presidiu o Cebrap de 1984 a 1990 e entre 1995 e 2001. Foi membro do Conselho Nacional de Educação (CNE) no governo FHC e de diversos conselhos deliberativos da área educacional e científica, como da Sociedade Brasileira de Pesquisa Científica (SBPC) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Algumas de suas publicações, através da Companhia de Letras, foram "Apresentação do mundo" (1995), "Certa herança marxista" (2000), "O jogo do belo e do feio" (2005) e "Lições de filosofia primeira" (2011).




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias