×
Rede Internacional

CPI DA COVID | Ministra do STF decide que governadores podem ir a CPI da Covid apenas de forma voluntária

Rosa Weber, ministra do STF, impediu nesta segunda-feira (21) que a CPI da Covid tenha poderes para obrigar governadores a depor na comissão. Enquanto estas diferentes alas do regime do golpe entram em conflito, as mesmas seguem unidas para atacar a classe trabalhadora com reformas, cortes, demissões e privatizações, empurrando o povo trabalhador para a pandemia, a fome, a miséria e o desemprego.

terça-feira 22 de junho | Edição do dia

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A CPI tinha aprovado no dia 26/05 a convocação de nove governadores, mas dois dias depois, cerca de 20 governadores acionaram o STF, pedindo que fosse barrada esta medida da CPI. Weber, após análise do pedido dos governadores, decidiu que a comissão pode convidar os governadores a comparecer apenas de forma voluntária, ou seja, apenas se os governadores quiserem ir.

Veja também: Arthur Lira diz que CPI não trará efeito nenhum e que irá avançar com reforma administrativa

Segundo a ministra, a CPI "excedeu os limites constitucionais" ao convocar os governadores, e também disse que “a amplitude do poder investigativo das CPIs do Senado e da Câmara dos Deputados coincide com a extensão das atribuições do Congresso Nacional, caracterizando excesso de poder a ampliação das investigações parlamentares para atingir a esfera de competências dos estados". Para Weber, não há norma constitucional que autorize a convocação de governadores por parte da CPI.

Veja mais: Texto da privatização da Eletrobras aprovado prevê aumento da conta de luz

Mas não temos nenhuma ilusão nem na CPI, nem no STF e muito menos nos governadores, pois todos são responsáveis, junto com Bolsonaro, Mourão, militares e o Congresso em atacar as vidas do povo trabalhador e pobre brasileiro. Todos eles foram responsáveis pelas mais de 500 mil mortes pela pandemia, ao não tomarem nenhuma das medidas necessárias para salvar as vidas, ao mesmo tempo em que se unem para descarregar a crise nas costas da classe trabalhadora, através das Reformas da Previdência e Trabalhista, a Reforma Administrativa e as privatizações.

Assista hoje, às 19h30, no Youtube, nosso programa de análise e política nacional "O Brasil não é para amadores": Nessa terça, às 19:30 "19J e as 500 mil mortes" no Brasil não é para amadores




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias