×

Desemprego | Milhares de pessoas fazem fila para disputar 800 vagas de emprego em Carapicuíba SP

O desemprego recorde que mantém 14,8 milhões de brasileiros desesperados por uma vaga no mercado de trabalho é resultado da crise capitalista em meio a pandemia, o atraso na vacinação massiva da população e a política negacionista de Bolsonaro que resulta em mais de 569 mil mortes que esteve e está a serviço de proteger os interesses dos ricos.

terça-feira 17 de agosto | Edição do dia

Imagem: print de tela/reprodução SPTV

Somado ao desemprego recorde a inflação gera a queda de renda e o aumento do custo de vida. O último Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) do IBGE revelou um recorde no índice de miséria. A crise capitalista descarregada sobre o conjunto da classe trabalhadora, com diferentes alas do regime, que embora tenham suas disputas nas alturas como STF, governadores e o Congresso Nacional, estão unidas com Bolsonaro e os militares quando é para retirar direitos, privatizar e precarizar ainda mais a vida da nossa classe.

Pode lhe interessar: Desemprego chega a 17,9% entre mulheres a maior taxa já registrada da história

É esse contexto que gera cenas como essa, que como na fila do osso, nesse caso milhares de pessoas formam uma fila gigantesca em busca de um emprego. É preciso lutar pela divisão das horas de trabalho entre todos os trabalhadores sem a redução salarial impondo que sejam os capitalistas que paguem pela crise que criaram com seus lucros e com seu capital. Para tanto é fundamental que as grandes centrais sindicais como CUT-PT e CTB-PCdoB organizem um plano de lutas e uma greve geral no país que tenha força para derrubar Bolsonaro, Mourão e todo esse regime do golpe para impor uma saída dos trabalhadores com uma nova Assembleia Constituinte Livre e Soberana que revogue as reformas, estatize empresas sem indenização e coloque a indústria, a tecnologia, os serviços e os bancos sob controle dos trabalhadores.

Leia também: Fila do osso e símbolo da barbárie capitalista por um plano de luta já




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias