×

Abaixo o marco temporal! | Milhares de indígenas estão em frente ao STF para barrar o marco temporal

Mobilizados desde o começo da semana milhares de indígenas de 120 povos do Brasil estão marchando agora de seu acampamento para a Praça dos Três Poderes e se concentrando em frente ao STF mostrando uma enorme força para barrar o marco temporal.

quarta-feira 25 de agosto | Edição do dia

A enorme mobilização indígena, umas das maiores da história, está mobilizando milhares em frente ao STF que votará hoje o marco temporal, um ataque brutal contra os direitos as terras dos povos originários e que também segue em tramitação no congresso através do PL 490.

Apesar do cerco midiático que a grande imprensa tenta fazer a mobilização conta com o apoio de artistas como DJ Alok e o baterista da banda Gojira de Death Metal, Joe Duplantier estão divulgando e prestando todo seu apoio a essa importante luta.

A partir do Esquerda Diário também viemos divulgando e fazendo ecoar a voz daqueles que lutam contra os ataques dos grandes latifundiários e do agronegócio e que sofrem das mazelas do capitalismo. "Essa lei é a lei da morte dos indígenas" foram uma das primeiras frases de um líder indígena que nós entrevistamos assim que chegamos, essa enorme força que demonstram os indígenas em sua luta pela vida e contra a destruição do meio ambiente que Bolsonaro, Mourão, Congresso e STF aliados do agronegócio querem levar a frente é uma inspiração para enfrentar os ataques de conjunto.

Veja também: Onde estão as centrais sindicais na luta dos indígenas contra o Marco Temporal?

É a unidade dos estudantes, trabalhadores, indígenas, mulheres e mais oprimidos, que poderá barrar estes ataques não aceitaremos que o agronegócio e latifundiários assassinem os povos indígenas e acabem com o meio ambiente em nome de seus lucros.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias