Mundo Operário

PARALISAÇÃO

Metroviários votam greve no DF: “o governo do DF quer massacrar ainda mais o cidadão de Brasília”

A paralisação começa sexta feira, dia 16/04, após se esgotarem as tentativas de negociação com o Metrô.

segunda-feira 12 de abril| Edição do dia

Imagem: Michael Melo / Metrópoles

Os trabalhadores metroviários estão há 11 dias sem auxílio-alimentação e, depois da assembleia do último domingo, dia 11, decidiram por paralisar a partir da sexta-feira.

No Boletim Informativo do SindMetrô/DF, os trabalhadores exigem: “Sr. Governador, pague os alimentos dos empregados do Metrô-DF, que estão trabalhando sem alimento no pior momento da pandemia”.

Os metroviários também denunciam as condições de trabalho no Metrô: “No cotidiano, todos esses trabalhadores expostos ao risco de contaminação, das 5:30 da madrugada até às 23:30, sem qualquer tipo de redução de horário ou número de trens, sem máscaras apropriadas e o que receberam em troca foi a retirada do ticket alimentação”.

Os trabalhadores exigem o auxílio alimentação, assinatura do Acordo coletivo de trabalho e inclusão na lista de prioridade da vacina.

As tentativas de negociação do Metrô já não são mais suficientes e os trabalhadores exigem recuperação de seus direitos. É preciso unir a luta de todos os trabalhadores do transporte que paralisam contra as condições de trabalho que arriscam as suas vidas todos os dias.

Leia também: Paralisações e ações de rodoviários se espalham pelo país contra atrasos salariais e mortes por covid




Tópicos relacionados

Greve dos Transportes   /    Vacina contra a covid-19   /    Trabalhadores dos Transportes   /    metroviários   /    COVID-19   /    DF - Brasília   /    Metrô   /    Brasília   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar