Mundo Operário

RECIFE

Metroviários e rodoviários paralisam em Recife exigindo a vacinação

sexta-feira 21 de maio| Edição do dia

Neste dia 20 de maio os metroviários de quatro estados do país organizaram ações conjuntas para reivindicar a vacinação para a categoria, Recife, Maceió, Belo Horizonte e São Paulo. Em Recife, os rodoviários acompanharam a ação e também realizaram uma paralisação na parte da manhã, reivindicando também a vacinação para os rodoviários. O Esquerda Diário acompanhou ambas as categorias em Recife para apoiar suas reivindicações e coletou depoimento dos organizadores.

Durante a ação, o Metrô fechou os portões das estações e paralisou as atividades de transporte durante as 9h da manhã até as 16h. Segundo o diretor do sindicato, Adalberto Afonso, a paralisação ocorreu em forma de protesto para exigir “vacinação para todos, e para todos os companheiros que estão na linha de frente da pandemia considerados como serviço essencial”. Na entrevista o sindicalista ainda criticou o governo de extrema direita de Bolsonaro e responsabilizando-o pela crise econômica e sanitária

A avaliação do diretor do sindicato da paralisação é que teve “uma adesão muito boa da categoria”, cerca de 80% dos operadores paralisaram. Agregou também que infelizmente os supervisores e setores ligados a chefia, que cujo a função não é a operação dos trens, sob ordens da empresa, assumiram a condução dos mesmos, na parte da manhã e final da tarde, nos horários de pico, como uma forma de limitar o impacto da mobilização, e por isso o metrô funcionou nesses horários.

Já na categoria de rodoviários, o trabalhador entrevistado também explicou o motivo da paralisação: “A gente está reivindicando a vacinação do trabalhador rodoviário (...), é bastante complicado, pois já temos 85 óbitos de trabalhadores dessa categoria”. Este mesmo trabalhador também criticou e responsabilizou o governo do estado de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) pelas mortes. “Quantos terão de morrer mais para que eles venham a tomar um posicionamento diante dessa situação que passa a categoria? Pois são esses trabalhadores que saem nas madrugadas para transportar o usuário do transporte, que hoje está sofrendo com a péssima qualidade do transporte, a quantidade de ônibus insuficiente para atendê-lo, e por isso que os ônibus hoje andam tão lotados, nós temos hoje menos de 80% da frota normal atendendo a população”.

Seja nos metrôs, seja nos ônibus, em Recife, mas em todas a cidades do país, vemos uma situação trágica, com a população abarrotada e espremida dentro do transporte público, cuja as frotas estão reduzidas, aumentando enormemente os riscos de contágio, ao mesmo tempo expondo os trabalhadores da linha de frente, metroviários e rodoviários, que trabalharam ininterruptamente durante toda a pandemia, com condições extremamente precárias de prevenção.

Por todo o país se espalham as mortes de trabalhadores na categoria de transporte devido a total negligência e descaso dos governo federal mas também dos governos estaduais e municipais. Nós do Esquerda Diário denunciamos essa situação absurda e nos colocamos ao lado de todos os trabalhadores que lutam contra ela e defendemos a quebra das patentes das vacinas para que se possa garantir a vacinação imediata para todos.




Tópicos relacionados

Greve do Metrô   /    Vacinas para Todos e Quebra de Patentes   /    Metrô Recife   /    Vacina   /    Rodoviários Recife   /    Vacinação   /    Pernambuco   /    Pandemia   /    rodoviários   /    Greve   /    Metrô   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar