×

GREVE DO METRÔ DE SP | Metrô e Dória seguem intransigentes até frente a proposta do TRT

A Greve dos Metroviários de SP conseguiu impor audiência com o Tribunal Regional do Trabalho. Ainda assim Metrô e Dória seguem intransigentes contra trabalhadores do Metrô.

quarta-feira 19 de maio | Edição do dia

A cidade de São Paulo amanheceu hoje com uma greve da categoria de metroviários que exigem melhores condições de trabalho. A força da mobilização destes trabalhadores conseguiu impor ao Tribunal Regional do Trabalho uma audiência para a tarde de hoje.

Na reunião que se iniciou às 15 foi apresentado pelo próprio TRT "proposta conciliatória", que está abaixo do pedido dos trabalhadores. Ainda assim, Metrô e Dória seguiram intransigentes e negaram os pedidos do Tribunal, com proposta contrária muito abaixo do pedido pelos trabalhadores.

Confira abaixo a Proposta Conciliatória do TRT:

Após amplos debates, foi apresentada pelo Tribunal Regional
do Trabalho e Ministério Público do Trabalho a seguinte SUGESTÃO CONCILIATÓRIA:

- Reajuste salarial e no VR e VA de 7,79% a partir de Maio/2021;
- Pagamento diferido do adicional noturno de 40% até Janeiro/2022, e
pagamento das diferenças atrasadas nos meses de Fevereiro, Março e
Abril/2022;

- Pagamento diferido do adicional de férias: Pagamento de 60% até
Janeiro/2022, e pagamento das diferenças atrasadas nos meses de Fevereiro,
Março e Abril/2022;

- Gratificação por tempo de serviço: congelamento por um ano a partir de
Maio/2021, com o restabelecimento dos pagamentos a partir de Maio/2022;
- Pagamento em 31 de janeiro de 2022, da 2ª. parcela da PPR de 2019
(judicializada) mediante a formalização de um acordo que contemple as
condições e critérios do valor a ser pago;

- Abono salarial a ser pago em 31 de março de 2022, equivalente ao piso
normativo da categoria dos metroviários vigente em março de 2022 para todos
os empregados;

- Manutenção de todas as demais cláusulas previstas na Sentença Normativa
2020/2021;

Saiba tudo da luta dos trabalhadores do Metrô no Esquerda Diário, clique aqui.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias