×

SEMUNI UnB 2021 | Mesa-debate na UnB: a atualidade da dialética e do marxismo

Na Semana Universitária deste ano na UnB, o Esquerda Diário realizará a mesa “Atualidade da dialética e do marxismo em um mundo de crises, pandemias e conflitos sociais”. Contaremos com a presença do professor da UnB e doutor em Economia Política, Carlos Lima, o professor de Sociologia da UFPE e editor do Esquerda Diário, Iuri Tonelo, e a mediação da estudante de Serviço Social e militante do grupo de mulheres socialistas Pão e Rosas, Luiza Eineck.

terça-feira 28 de setembro | Edição do dia

O que é dialética e materialismo histórico? Por que essa lógica e método de pensamento formulada a mais de 200 anos é a única que nos pode dar as respostas para compreender e buscar soluções concretas para a crise? Como o materialismo histórico-dialético é extremamente fundamental nas universidades de hoje para se contrapor a lógica formal? O que a luta de classes tem a ver com o método de Marx?

Essas são questões que buscaremos debater e desenvolver na mesa impulsionada pelo Esquerda Diário na Semana Universitária da UnB dia 30 às 19h! Contaremos com a presença do professor da UnB e doutor em Economia Política Carlos Lima, com o professor de Sociologia da UFPE e editor do Esquerda Diário, Iuri Tonelo, e a mediação da estudante de Serviço Social na UnB e militante da organização internacional de mulheres socialistas Pão e Rosas, Luiza Eineck.

Vivemos em um momento de profunda crise social, econômica, política e sanitária. A fome e a miséria aumentam, assim como o desemprego, a evasão universitária e os ataques à universidade pública e aos trabalhadores. São inegáveis as contradições do sistema capitalista, cada vez mais escancaradas. Em meio ao governo de extrema direita de Bolsonaro e Mourão, fruto do golpe institucional de 2016, cujos cúmplices são os mesmos que se aliam para nos atacar, como o STF, Congresso, os militares e o agronegócio, é fundamental debater uma saída revolucionária, operária e que ponha fim a esse governo e a esse sistema de miséria chamado capitalismo

É nesse mesmo contexto, vemos que a luta de classes encontra-se mais atual como nunca na arena internacional - como no Chile em 2019, o Black Lives Matter, a rebelião colombiana e tantos outros. Para aqueles que buscam compreender e pensar as saídas para um mundo de crise, pandemia e conflitos sociais, e para a profunda exploração e opressão da classe trabalhadora, das mulheres, negros, lgbtqia+, povos originários em cada lugar do mundo, o método dialético de Marx e, principalmente sua abordagem materialista-histórica, permanece como ferramenta chave e muito atual.

Se increva no formulário para receber o link: https://forms.gle/Je28Fv8goedzeQDQ9




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias