Política

ELEIÇÕES 2020

"Melo desconsidera vida humana e proibiu a circulação de catadores", diz trabalhador

Alex Cardoso um dos muitos catadores que foi atingido pelo projeto que proibiu a circulação de carroças e carrinhos de catadores na cidade, postou em seu Facebook um relato bastante revoltante sobre como o projeto de Melo, que na época era deputado, o impediu de poder trabalhar e também estudar. Melo também foi um dos responsáveis pelo fechamento de uma escola EJA no Bairro Cai Cai na zona sul de Porto Alegre onde o catador reside.

terça-feira 17 de novembro| Edição do dia

Sebastião Melo(MDB), candidato a prefeito que concorre ao segundo turno, é um velho conhecido na cidade, por ter governado junto de José Fortunati conformando uma nefasta gestão que enriqueceu os empresários do transporte e atacou a carris como nunca se tinha visto antes de sua gestão. Além disso, Melo foi autor do projeto de lei que proibiu a circulação de carroças e carrinhos de catadores na cidade além de ser um inimigo da educação e fechar o EJA da vila Cai cai na zona sul da cidade.

Assista aqui o vídeo com o depoimento de Alex:

Leia também: 5 pontos para relembrar a nefasta gestão de Melo e Fortunati e "Se tiver comprador eu vendo", diz Melo sobre a Carris

Sebastião Melo já se demonstrou uma opção nada favorável para dar resolução aos problemas das pessoas pobres e dos trabalhadores, muito pelo contrário, além de ser um inimigo da educação e dos trabalhadores precários, e amigo dos grandes especuladores imobiliários com seus projetos de higienização humana, Melo faz questão de reafirmar seu projeto de governo para os ricos, retomando o legado de Marchezan ao insistir em atacar a carris, que nessa pandemia assumiu todas as linhas de ônibus das quais as empresas privadas se negaram a continuar assumindo para preservar os seus próprios lucros.




Tópicos relacionados

Sebastião Melo   /    Eleições 2020   /    Trabalho Precário   /    eleições Porto Alegre   /    Política

Comentários

Comentar