×
Rede Internacional

RODOVIÁRIOS DE PORTO ALEGRE | Melo (MDB) aumenta passagem para R$ 4,80 em Porto Alegre, ataca isenções e rodoviários

A medida anunciada por Melo nessa quarta-feira (30) consolida o aumento da tarifa do transporte público para R$ 4,80. Para agradar os tubarões do transporte e precarizar ainda mais o povo pobre e trabalhador da cidade anunciou que irá atacar isenções, acabar com cobradores e privatizar a Carris, entre outros ataques absurdos.

quarta-feira 30 de junho | Edição do dia

O valor que já era absurdamente caro, se torna ainda mais inacessível. Com um discurso recheado de demagogia, o prefeito seguidor de Bolsonaro decretou a passagem em R$ 4,80 a partir de 1º de julho. Além disso, anunciou uma série de medidas que tentará aplicar no transporte público da capital ao longo de seu mandato que explicaremos a seguir.

“Projetos de lei para reduzir o custo do transporte coletivo” ou para saciar a sede de lucro de seus amigos empresários do transporte?

Corte e limitação de isenções. De 14 passaria para 5. Dentre os afetados estão: idosos entre 60 e 64 anos, professores, pessoas com HIV e acompanhantes, carteiros e outros. Também quer colocar um critério de renda para o meio passe estudantil em 1,5 salário mínimo per capta de renda familiar, afetando milhares de estudantes que dependem do meio passe para poder estudar.

Privatização da Carris. A companhia pública que garantiu que boa parte das linhas abandonadas pelas empresas privadas seguissem operando durante a pandemia segue na mira de Melo e dos empresários do transporte.

Fim dos cobradores. Primeiro quer acabar com os cobradores das 22h às 4h. A contrapartida absurda é oferecer cursos de qualificação e entrevistas para direcionar a outras áreas como motorista e mecânico. A meta de Melo é acabar com a função até 01/01/2026, fechando mais de 2.600 postos de trabalho (segundo seus dados) e jogando no desemprego milhares de famílias em pleno desemprego crescente.

Isenção de impostos. Além da isenção aos empresários do transporte dos impostos de ISS e das taxas da EPTC, quer garantir a isenção de PIS/CONFINS/IPI.

É possível acessar esse projeto absurdo aqui.

Fica nítido que Melo tem apenas o interesse de proteger e ampliar o lucro dos empresário do transporte, que é parte de quem manda em seu governo. Aumentar passagem, demitir cobradores, privatizar a Carris, atacar isenções, entre outros absurdos, passa longe das necessidades do povo trabalhadores e pobre da cidade.

Para saber mais veja esse vídeo:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias