×

Pandemia | Média móvel de mortes é a maior desde novembro de 2021 e casos batem recordes no Brasil

Os números da pandemia no Brasil não param de crescer. A média móvel de mortes dos últimos 7 dias é a maior desde 17 de novembro e a atual média móvel de casos é a maior desde o início da pandemia.

sexta-feira 21 de janeiro | Edição do dia

O Brasil registrou 324 mortes em 24 horas pela Covid-19 na quinta-feira, 20. A média móvel de mortes dos últimos 7 dias vem aumentando também, totalizando o número de 235 – a maior média registrada desde o dia 17 de novembro. Houve um aumento de 114% nas últimas duas semanas, indicando claramente uma tendência a ampliar os números. São Paulo é o estado com o maior número de mortos.

Leia mais sobre: Trabalhadores da saúde municipal fazem ato exigindo contratações em SP

A ômicron vem ampliando os casos no mundo todo. Na quarta-feira, 19, foi registrado o recorde mundial de casos em 24 horas, um total de 3,79 milhões. E no Brasil, onde a pandemia já ceifou mais de 620 mil vidas, a situação não é diferente. Não poderia ser diferente, tendo em vista a política negacionista e criminosa levada a frente pelo governo Bolsonaro desde o início.

Desde o início da pandemia não registramos uma quantidade tão alta de casos em um só dia quanto nessa quinta-feira, 20. Foi um total de 168.060 novos casos, totalizando 23.588.921 casos confirmados desde o início da pandemia. A média móvel dos últimos 7 dias foi de 110.442, a maior registrada até agora.

É um absurdo que, em meio a situações drásticas como a que estamos, a justiça tente impedir que médicos possam fazer greve por mais contratações. Com essa nova onda, não são poucos os trabalhadores da saúde, e em geral, que estão se contaminando, ampliando a sobrecarga de quem não está contaminando ou mesmo sendo obrigados a trabalhar mesmo contaminado.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias