JUSTIÇA POR BETO

Manifestantes protestam por justiça para Beto em frente ao Carrefour de Porto Alegre

sexta-feira 11 de dezembro de 2020| Edição do dia

Nesta sexta-feira (11), manifestantes fizeram ato simbólico por justiça a Beto em frente ao Carrefour na Zona Norte de Porto Alegre, onde ele foi brutalmente assassinado pelo segurança da empresa e um policial à paisana. O assassinato ocoreu à três semanas atrás e gerou revolta e indignação em todo o páis.


Hoje a polícia indiciou 6 responsáveis pela morte de Beto. Mesmo assim, a empresa Carrefour segue impune, pois ela é a principal responsável por esse brutal assassinato, assim como vários outros crimes e barbaridades que a empresa comete com os trabalhadores da empresa e com os usuarios negros do mercado que são sempre perseguidos pelos os seguranças a mando da empresa.


A Polícia Civil não incluiu os crimes de racismo ou injúria racial no indiciamento de seis pessoas, alegando que o crime não ocorreu devido a isso. É um total absurdo, a polícia, que também esta diretamente envolvida nesse assassinato, mostra sua verdadeira face racista, e isso mostra como não é através dessa instituição ou pela justiça burguesa que iremos acabar com o racismo estrutural. Nossa luta contra o racismo tem que seguir na rua através da luta e da mobilização de todos os negros, trabalhadores, mulheres, LGBTs e todos os setores oprimidos pelo o capitalismo.




Tópicos relacionados

Carrefour   /    Justiça por João Alberto   /    negras e negros   /    Porto Alegre   /    Racismo   /    [email protected]

Comentários

Comentar