Sociedade

MEIO AMBIENTE

Manifestantes protestam em mina de carvão contra combustíveis fósseis na Alemanha

Centenas de ativistas anti-carvão fizeram protestos dentro e ao redor de uma mina no oeste da Alemanha neste sábado, manifestando-se contra a extração e o uso contínuo de combustíveis fósseis pelo maior imperialismo da Europa.

sábado 26 de setembro| Edição do dia

Imagem: Carla Reemtsma | Twitter

Ambientalistas se opõem à decisão do governo alemão de permitir a mineração e queima de carvão no país até 2038, prazo que os ativistas dizem ser tarde demais para enfrentar com eficácia as mudanças climáticas.

Ativistas, vestidos com macacões coloridos e enfrentando o vento e a chuva, também protestavam contra a destruição planejada de vários vilarejos para abrir caminho para a expansão da mina Garzweiler, a oeste de Colônia.

Para saber mais: Greve Global pelo clima reúne milhares de manifestantes pelo mundo

Em sua mensagem de vídeo semanal, a chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu em palavras neste sábado o desenvolvimento sustentável, mas não mencionou as minas de carvão.

Pode te interessar: Greve do Clima 25S: contra o capitalismo que destrói o Pantanal, a natureza e nosso futuro

Fonte: Associated Press.




Tópicos relacionados

greve global pelo clima   /    Ministério do Meio Ambiente   /    Alemanha   /    Sociedade   /    Meio Ambiente

Comentários

Comentar