×

FILHAS RECEBEM ATÉ R$ 117 MIL | Mamata militar: Brasil gastou R$ 19,3 bilhões em 2020 para sustentar filhas de militares

A mamata acabou nos devaneios bolsonaristas, pois para os familiares dos militares ela nunca foi tão grande. Tem filha de militar que, sem fazer absolutamente nada na vida, ganha até R$ 117 mil ao mês. Filhas de torturador recebem mais de R$ 10 mil. Sabe quem paga essa boquinha? Todos nós, os mais pobres em especial.

sexta-feira 2 de julho | Edição do dia

Em 2020, a União gastou um total de R$ 19,3 bilhões com pensões de dependentes militares. Mais da metade dessa grana foi diretamente para as filhas solteiras dos militares. Para a maioria da população, trabalhar é uma necessidade, mas se você é filha de algum coronel ou general dá pra ficar sem trabalhar pro resto da vida.

Dos 226 mil brasileiros que recebem essa boquinha, 60% são filhas de milicos que já bateram as botas. Um total de 137.916 mulheres que estão recebendo volumosas quantias sem fazer nada. Nem todas ganham muito, é verdade. A média desses 226 mil é de R$ 5.897,57, como atesta dados da CGU publicados neste domingo e trata-se da primeira vez que dados como esses, tão detalhados, vêm à tona. Abriram a porta do inferno e encontraram uma montanha de pensões.

No entanto há outras que chegam até R$ 117 mil ao mês, como é o caso de Gecy Brilhante da Fontoura Rangel. Apesar do sobrenome pavoroso, ela não recebe pensão do torturador Ustra. Seu pai era marechal da Marinha e recebe a boquinha desde 1996. Mas os privilégios não param por aí. Gecy se casou duas vezes com, pasmem, militares que já morreram. Ela acumula, portanto três pensões. Tudo pago com dinheiro do contribuinte.

Há um caso de uma mulher que recebe pensão do pai morto desde 1930, quando Getúlio Vargas subiu ao poder. Duas ditaduras, uma guerra civil, uma guerra mundial e tantas outras coisas aconteceram nesse tempo, mas o Estado manteve o pagamento de pensão acumulada em dia. Há 14 casos de filhas de militares que recebem mais de R$ 100 mil ao mês. Essa Constituição é quem permite esse tipo de barbaridade ocorrer, por isso é preciso mudá-la.

- Leia mais: Greve geral para derrubar Bolsonaro, Mourão, os ataques e impor uma nova Constituinte

E se você acha que a mamata acaba por aqui, saiba que filhas de torturadores também recebem pensão até hoje. Carlos Alberto Brilhante Ustra deixou duas filhas neste mundo, apesar de ter torturado e matado mais. Renata Silva Brilhante Ustra e Patrícia Silva Brilhante Ustra recebem pensão desde 2016, quando o crápula abraçou o capeta. O Estado brasileiro paga mais de R$ 10 mil para as filhas de um torturador confesso.

Outros responsáveis pelos crimes da ditadura, que já receberam suas bolinhas de algodão nas ventas, também deixaram pensões graúdas para seus familiares, como Jarbas Passarinho.

Realidades como essas mostram o absurdo que é a mamata que esses militares e familiares recebem do Estado, sem fazer nada, enquanto a larga maioria da população adoece, passa fome, é explorada e paga impostos.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias