×

Manifestações 02/10 | Mais de mil de pessoas já marcham em Campinas contra o governo Bolsonaro

Nesse sábado 02/10, Campinas amanheceu com uma forte concentração no Largo do Rosário e logo depois, uma marcha contra o governo Bolsonaro tomou as ruas da cidade.

sábado 2 de outubro | Edição do dia

Mais de mil pessoas se mobilizaram nessa manhã em Campinas contra o governo Bolsonaro. Organizações de esquerda, movimentos sociais e juventude tomaram às ruas da cidade para denunciar as atrocidades de Bolsonaro, Mourão e sua corja, responsáveis pelas crises sanitária, econômica, política e social.

O ato em Campinas é acompanhando por atos em mais de 200 cidades no país, alguns acontecendo também nessa manhã e início na tarde e alcançando a comunidade brasileira no exterior.

Como viemos noticiando no Esquerda Diário, os partidos da direita que atacam os trabalhadores cinicamente aderiram aos atos, enquanto votam com o governo reformas e privatizações que deixam a classe trabalhadora sem emprego e cada vez mais na miséria.

Veja também: Unidade de ação é dos trabalhadores e movimentos sociais contra o desemprego, a inflação e a destruição ambiental

Em Campinas, o golpista PSB estava com um bloco, assim como outras organizações da direita com alguns representantes. Esse mesmo PSB que durante anos atacou os trabalhadores e a juventude de Campinas através das mãos de Jonas Donizette, que tem Dino defendendo a entrada de Mourão na presidência, e agora para fazer companhia para figuras como Paulo Câmara que governa contra a população de Pernambuco, tem a presença nada ilustre de Tábata do Amaral nas suas fileiras, defensora da Reforma da Previdência, como boa parte de seu partido.

O Esquerda Diário defende que é preciso combater o governo mantendo independência da direita que vem junto com Bolsonaro em uma bateria de ataques contra os trabalhadores e o povo pobre. A esquerda socialista pode dar um passo em construir uma unidade capaz de enfrentar o projeto econômico de miséria, reformas, privatizações e ataques em nome do lucro capitalista.

Veja abaixo, fala da professora Flávia Telles, militante do MRT direto do ato em Campinas:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias