×
Rede Internacional

ARGENTINA | Macri pediu desculpas a Bolsonaro pelas declarações colonialistas de Alberto Fernández

Após a explosão colonialista do presidente da Argentina perante o presidente espanhol, o ex-chefe de Estado argentino, Maurício Macri, conversou com o presidente do Brasil e se desculpou pelo ocorrido. Parece que ele se esqueceu de suas declarações semelhantes no Fórum Econômico de Davos.

sexta-feira 11 de junho | Edição do dia

Foto: Enfoque Rojo

Mauricio Macri enviou uma mensagem de Whatsapp para Bolsonaro pedindo “perdão” pela explosão colonial do atual presidente da Argentina, Alberto Fernández. Macri escreveu “Quero te pedir desculpas em nome do povo argentino e, em seu nome, a todo o povo brasileiro”, segundo publicou o site Infobae.

Pessoas próximas a Macri explicaram que “isto vai além de uma relação pessoal entre eles. Aqui o vínculo dos Estados se encontra acima de tudo e é algo que continua vigente independentemente de quem está no Poder Executivo”.

Bolsonaro agradeceu o gesto e respondeu que não tem nenhuma animosidade com a Argentina nem com seu povo. O presidente do Brasil se manifestou contra a fala de Alberto Fernández, mas desde que assumiu o poder, aumentou a destruição dos hábitats de centenas de povos indígenas na Amazônia.

Após as declarações de Fernández, houve um grande repúdio, o presidente argentino desconsiderou os povos indígenas que habitaram o território argentino muito antes de que existissem fronteiras nacionais.

Mauricio Macri deveria se lembrar de declarações semelhantes que também devem ser rechaçadas. No Fórum Econômico Mundial de Davos, ele disse “eu creio que a associação entre o Mercosul e a União Europeia é natural porque na América do Sul somos todos descendentes de europeus”.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias