LUTA POR MORADIA

MTST realizou ocupação do Ministério da Fazenda exigindo o direito à moradia

O Movimento de Trabalhadores Sem Teto agora luta pela liberação das verbas destinadas à construção de moradia popular

quarta-feira 18 de setembro| Edição do dia

Entre o fim da tarde e o começo da noite de ontem (terça, 17) o MTST realizou uma ocupação do Ministério da Fazenda. Os trabalhadores sem teto exigem que o governo libere verba para o programa Minha Casa, Minha Vida, destinado à construção de moradias populares.

O MTST tem como pauta a luta pelo direito à moradia. Atualmente são mais de 7,78 milhões de famílias sem um teto para morar, enquanto explode a especulação imobiliária com um número ainda maior que esse de imóveis vazios e que poderiam ser habitados por essas famílias.

Sobre as verbas para a construção de novas moradias populares, o movimento diz que "O número de unidades contratadas na Faixa 1 do Minha Casa Minha Vida — destinada a famílias de baixa renda, que formam 92% do atual déficit habitacional — caiu 86% a partir de 2015 em relação ao período anterior. Em 2018 representou 1/10 do total de moradias contratadas de 2013."

Confira abaixo algumas fotos da ocupação no Ministério da Fazenda:





Tópicos relacionados

Governo Bolsonaro   /    Guilherme Boulos   /    Moradia

Comentários

Comentar