Política

BOLSONARISMO

MACHISMO BOLSONARISTA: Bolsonaro ataca jornalista da CNN, a chamando de "quadrupede"

Bolsonaro proferiu mais um ato de machismo e misoginia, desta vez no Palácio da Alvorada nesta terça-feira (01), sendo a expressão de um governo que vê as mulheres como inferiores, e que para essa extrema-direita devem sofrer com uma cada vez maior opressão e exploração a serviço do patriarcado e do capitalismo, para garantir lucros cada vez maiores a esses capitalistas.

quarta-feira 2 de junho| Edição do dia

FOTO: Reprodução/Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Mais uma vez, Bolsonaro destilou todo o seu machismo e misoginia, dizendo que a jornalista é uma "quadrúpede" e que "afinal de contas, acho que não precisa dizer de quem ela foi eleitora no passado. De outra do mesmo gênero", afirmou rindo, e supondo que a jornalista votou na ex-presidente Dilma Rousseff.

A jornalista Daniela Lima, da CNN Brasil, também foi atacada nas redes sociais, ao que ela respondeu: “Não sei se é ameaça de morte ou de ditadura. De toda forma, não passará”

Veja mais: Basta de repressão e violência machista contra as mulheres que lutam na Colômbia

Pazuello racista obrigou jovem negro a puxar carroça no lugar de cavalo




Tópicos relacionados

misoginia   /    Pronunciamento de Bolsonaro   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas   /    Jornalismo   /    Bolsonaro   /    Ultradireita   /    bolsonarismo   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Governo Bolsonaro   /    Mulheres Contra Bolsonaro   /    Extrema-direita   /    Mulheres   /    Jair Bolsonaro   /    Machismo   /    Mulher   /    Violência contra a Mulher   /    Política

Comentários

Comentar