×

Urgente | Letícia Parks: "Liberdade já para Galo e Géssica! Abaixo o legado colonial e escravagista!"

É preciso levantar ações pela liberdade imediata do entregador antifascista Paulo Galo, sua companheira Géssica e os demais que tiveram prisão decretada pela PM de São Paulo e o judiciário, defensores do legado colonial e escravagista no Brasil, em investigação sobre o incêndio da estátua de Borba Gato no sábado.

quarta-feira 28 de julho | Edição do dia

Foto: Sergio Silva / Ponte Jornalismo

O entregador antifascista Paulo Galo, sua companheira Géssica e outros ativistas tiveram prisão provisória de 5 dias decretada pela PM e o judiciário de São Paulo, em uma investigação a respeito do incêndio na estátua do bandeirante assassino Borba Gato, no último dia 24. Nós do Esquerda Diário nos solidarizamos e exigimos liberdade imediata para Galo e Géssica, repudiando esse autoritarismo da PM e da justiça, que mais uma vez buscam defender o legado do período escravagista no Brasil.

Confira abaixo a declaração de Letícia Parks, dirigente do MRT e do Quilombo Vermelho:

É absurda a ordem de prisão preventiva contra o entregador antifascista Paulo Galo e os outros investigados pelo incêndio aos pés da estátua do bandeirante escravagista Borba Gato. A esquerda, os sindicatos, movimentos sociais e entidades estudantis devem levantar uma forte campanha democrática por liberdade imediata, pela retirada do processo e em defesa da nossa liberdade de manifestação.

Com essa investigação, a polícia e a justiça usam a acusação de vandalismo para fazer uma represália política autoritária, defendendo o legado colonial e escravagista do bandeirante assassino de indígenas, Borba Gato.

É preciso confiar somente na força da nossa mobilização e da unidade da classe trabalhadora com a juventude e os setores pobres e oprimidos, lutando contra a polícia e o judiciário, instituições que são pilares repressivos desse Estado racista e elitista, assim como contra o conjunto desse sistema de opressão e exploração. O MRT, o Esquerda Diário e o Quilombo Vermelho colocam suas energias inteiramente à serviço desse combate.

Leia também: Basta do sadismo escravocrata da extrema direita e da burguesia brasileira




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias