×

ESPORTE E POLÍTICA | LeBron James defende que atletas se posicionem politicamente ao rebater Ibrahimovic

O astro da NBA rebateu ao atleta de futebol sobre a importância de utilizar o lugar que ocupa e defende que atletas profissionais devem se posicionar politicamente.

segunda-feira 1º de março | Edição do dia

(Foto: Reuters)

Na última semana tivemos mais uma notícia polêmica envolvendo o atleta de futebol Zlatan Ibrahimovic. Depois de ser acusado de atitude racista contra um rival, o belga Romelu Lukako da Inter de Milão em um jogo pelo Campeonato Italiano, o atleta que defende o Milan da Itália resolveu questionar uma das maiores referências negras no esporte Mundial, LeBron James, astro e ativista da questão negra da NBA (Liga Profissional de Basquete dos Estados Unidos).

A crítica de Ibra ao astro da NBA foi de que na opinião do sueco, astros esportivos não deveriam usar sua visibilidade para “meter o nariz em política”, LeBron por sua vez respondeu em grande estilo. Depois da vitória do seu Los Angeles Lakers sobre o Portland o astro respondeu:

“ Nunca vou calar a boca sobre as coisas que estão erradas. Eu prego sobre meu povo e prego sobre igualdade, justiça social, racismo, repressão eleitoral. Vou usar minha plataforma para continuar a lançar luz sobre tudo que está acontecendo nesse país e ao redor do mundo. De jeito nenhum eu iria me limitar aos esportes, porque eu entendo o quão poderosa esta plataforma e minha voz são.”

Na sequência da entrevista LeBron James descreveu um episódio envolvendo o atleta de futebol Ibrahimovic em 2018. LeBron destacou a mudança de posicionamento de Ibra ao relembrar que o sueco havia questionado a mídia por tratamento diferente apenas por ele não carregar um nome tradicional na Suécia (como Andersson ou Svenson), nessa ocasião o jogador do Milan chamou o episódio de “racismo disfarçado”.

O recado de LeBron foi direto, alguns pouquíssimos atletas são privilegiados e conseguem ver o esporte de “forma diferente”, questionam a realidade de uma população que sofre com as mazelas do capitalismo (desemprego, racismo, homofobia, xenofobia, repressão policial, desigualdade social, etc). LeBron é mais um exemplo de atleta que enxerga o esporte como “bolha social” e que tem consciência do seu lugar de privilegiado dentro dessa bolha, ele se distancia daqueles atletas que enxergam essa mesma oportunidade apenas como forma de ganhar fama e dinheiro, atletas como LeBron utilizam a oportunidade para se posicionar contra as injustiças que cercam a realidade mundial de seus semelhantes.

Assim como o astro da NBA podemos relembrar de vários outros grandes nomes do esporte de alto rendimento como Lewis Hamilton, um dos maiores nomes do automobilismo mundial de todos os tempos, Malcon Brogdon (companheiro de Lebron na NBA e atleta do Pacers), Sadio Mané (atleta do Liverpool da Inglaterra), Eric Cantona (ex atleta do Manchester United), “Magic” Paula (ex atleta de basquete), Ana Mözer (ex atleta de voleibol), Sócrates, Reinaldo, Tostão (ex atletas de futebol) entre outros nomes que utilizam o esporte como instrumento de comunicação para transformações sociais.

Apesar dos limites das manifestações que esses grandes astros esportivos apresentam é importante destacar o poder que essa “representatividade” tem e seu impacto nas massas, principalmente na juventude, mas é fundamental ressaltar que apenas com uma reorganização social será possível que os apelos de LeBron James e companhia sejam atendidos, devemos utilizar essa representatividade como impulso e apoio para lutas maiores para de fato enfrentar o problema desde sua raiz.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias