×

A empresa aérea que ano passado planejou demissões em massas no Brasil e outros países da América latina, caminha mais uma vez para demissões de funcionários agora em Confins, Minas Gerais.

quinta-feira 13 de maio | Edição do dia

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Segundo fontes, o que a empresa pretende é demitir seus funcionários para contratar terceirizados, ou seja, um corte de "gastos" pois pagará menos para os terceirizados cumprirem a mesma função que os funcionários que serão demitidos.

Os funcionários efetivos trabalharão até dia 17/05, sendo que a empresa terceirizada contratada entrará com o quadro de funcionários no dia 18/05, segundo fontes.

Essa movimentação segue na onda de precarização do trabalho e rebaixamento da condição de vida da classe trabalhadora, que amarga o desemprego recorde e que para sobreviver se sujeita a empregos cada vez mais precários e rotativos.

Notícia em desenvolvimento.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias