PARTIDO DEMOCRATA

Kamala Harris mente ao dizer que governo Biden é parte do legado de Floyd

Tentando cooptar o movimento Black Lives Matter, Harris e Biden afirmam que condenação de Derek Chauvin é "grande passo adiante" nos EUA.

quarta-feira 21 de abril| Edição do dia

Foto: REUTERS

Nesta terça-feira (20), em pronunciamento, após veredicto de condenação do ex-policial que assassinou George Floyd, Derek Chauvin, a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris afirmou que o governo que ela pertence é parte do legado de George Floyd.

Harris afirmou que o veredito é um primeiro passo, ao comentar sobre a Lei George Floyd de Justiça no Policiamento apresentada no Senado, em agosto do ano passado.

“Precisamos reformar o sistema. Essa lei é parte do legado de George Floyd (...) Somos todos parte do legado de George Floyd, é nosso dever honrá-lo.” disse Harris antes do pronunciamento de Joe Biden que afirmou que “Vamos fazer com que esse seja seu legado, um legado de paz, não de violência."

Veja também: Manifestantes comemoram a condenação do assassino de George Floyd pelas ruas dos EUA

Em decisão histórica, longe de ser fruto da sensatez do judiciário norte-americano, a condenação do Derek Chauvin é reflexo da luta feroz do movimento Black Lives Matter que se espalhou pelo globo contra o racismo e a violência policial.

O Partido Democrata desde o início das manifestações em justiça por George Floyd tentaram desviar as mobilizações e canalizar para vias institucionais, tentando colocar figuras como Kamala Harris como expressão dessa luta que estremeceu o coração do imperialismo.

Entretanto, vimos que o próprio Biden aconselhou a polícia a disparar nas pernas, para não atingir as cabeça dos manifestantes que estavam nas mobilizações do Black Lives Matter, e Kamala Harris, sendo a primeira vice-presidente negra, também se tornou a primeira mulher e negra na história dos Estados Unidos a bombardear o Oriente Médio, e sua trajetória política é de ser "linha dura” a favor do encarceramento em massa no sistema prisional, demostrando que sua posição de classe faz com que jamais consiga ser legado de George Floyd e das massas negras contra o racismo.

Pode te interessar: Kamala Harris e as bombas na Síria




Tópicos relacionados

EUA   /    Kamala Harris   /    Justiça para George Floyd   /    George Floyd   /    Governo Biden   /    Racismo EUA   /    [email protected]

Comentários

Comentar