Gênero e sexualidade

#JUSTIÇAPORMARIFERRER

Justiça por Mari Ferrer: atos em Brasília 04/11 e 07/11

A injustiça imposta à influencer Mari Ferrer, por parte do judiciário machista, racista e golpista, vem mobilizando atos por todo o país. Na capital federal, duas atividades vêm sendo organizadas.

quarta-feira 4 de novembro| Edição do dia

A inexistente ação perpetrada pelo Judiciário brasileiro contra ação movida pela influencer Mari Ferrer, de estupro culposo (sic!), assim como a conduta machista, misógina e de humilhação com Mari, do advogado de defesa do estuprador André de Camargo, Cláudio da Rosa Filho durante a audiência, causou furor e indignação.

Atos estão sendo organizados em todo o país. Na capital federal, Brasília, duas grandes atividades vêm sendo promovidas. A primeira ocorrerá hoje (04/11) às 19 horas na Praça dos Três Poderes. A segunda se dará no sábado (07/11) à 15 horas, no mesmo local (Praça dos Três Poderes). Nós do Pão e Rosas e do Comitê Esquerda Diário Centro Oeste apoiamos e nos somamos ao chamado de justiça para Mari e todas as mulheres vítimas de violência machista. Somente com a nossa mobilização poderemos pôr abaixo o autoritarismo machista do judiciário brasileiro e enfrentar a violência contra a mulher, que anda de mãos dados com o sistema capitalista.

Veja também: Impor justiça para Mari Ferrer com a força da nossa mobilização! Abaixo o autoritarismo machista do judiciário!

É emblemática que a manifestação ocorra na Praça dos Três poderes, esses que são defensores do patriarcado, como se mostra nessa absurda decisão que é a cara do Judiciário brasileiro, assim como na declaração de Bolsonaro de que não estuprava Maria do Rosário porque ela “não merecia”, respaldando a partir do Executivo a violência contra a mulher, e todos os ataques às mulheres imposto pelo Legislativo que temos visto aumentar depois do golpe institucional.

Chamamos todas e todos a compor os atos, assim como o DCE da UNB a convocar ofensivamente os estudantes, e também chamamos a CUT-DF que mobilize os trabalhadores pelo fim da violência contra a mulher. Apenas a nossa luta pode fazer justiça por Mari Ferrer e todas as outras!




Tópicos relacionados

#JUSTIÇAPORMARIFERRER   /    Mari Ferrer   /    Caso Mari Ferrer   /    Feminismo   /    Violência contra a Mulher   /    Brasília   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar