×

Absurdo | Janaína Paschoal diz em rede social que doação de comida na Cracolândia só ajuda crime

A deputada Janaína Paschoal, filiada ao antigo partido de Bolsonaro, PSL, e defensora do golpe institucional no país que atacou brutalmente as condições de vida dos trabalhadores, se coloca contrária a doação de comida na Cracolândia.

segunda-feira 9 de agosto | Edição do dia

Foto: Maurício Garcia de Souza/Alesp

Em postagem em seu Twitter, a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) afirmou que a distribuição de comida na Cracolândia, na região da Luz, "só ajuda o crime" e que as pessoas da região "não aguentam mais". O comentário foi uma crítica a ação do padre Júlio Lancelotti e a pastoral do Povo da Rua em São Paulo por distribuir comida às pessoas em situação de rua no centro de São Paulo.

"As pessoas que moram e trabalham naquela região já não aguentam mais. O Padre e os voluntários ajudariam se convencessem seus assistidos a se tratarem e irem para os abrigos. A distribuição de alimentos na Cracolândia só ajuda o crime. O tema precisa ser debatido com honestidade." disse Janaina Paschoal em sua rede social (@JanainaDoBrasil) no dia 08.

Pode interessar: Janaína Paschoal sai em defesa do misógino Rodrigo Constantino

Janaína Paschoal foi uma das autoras do pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT) em 2016, um processo que foi um verdadeiro golpe às condições de vida dos trabalhadores e da população pobre, e que buscava colocar no lugar de Dilma alguém que conseguisse passar os ataques e reformas mais rapidamente do que o PT já vinha fazendo.

O nome da deputada tornou-se um dos assuntos mais comentados no Twitter neste domingo por causa da repercussão da sua postagem. Após o ocorrido, o padre Júlio deu uma resposta em seu Instagram, utilizando um meme para mostrar o absurdo da crítica feita pela deputada. Com a legenda "Lutar e crer", ele postou um meme em que a deputada estaria dormindo enquanto 600 mil brasileiros morrem de covid-19, mas acorda e decide se revoltar contra a doação de comida aos pobres.

Leia também: Janaina Paschoal defendeu nas suas redes sociais que o SUS tem que priorizar a vida dos mais jovens e não dos mais velhos

Janaína tentou se explicar após a repercussão negativa de seu comentário, porém não houve uma mudança no conteúdo que havia postado anteriormente. "Se você tivesse um parente se matando com drogas na Cracolândia, o que preferiria, alguém que o alimentasse ali, possibilitando sua permanência no vício?", publicou em seu Twitter.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias