Política

CPI da COVID

“Jamais promovi atrito com a China”, diz Ernesto Araújo após declarações xenofóbicas e conspiracionistas

O ex-ministro das Relações Exteriores de Jair Bolsonaro, Ernesto Araújo, negou ter promovido atritos com a China, mesmo após inúmeras declarações xenofóbicas e conspiracionistas contra a China.

terça-feira 18 de maio| Edição do dia

FOTO: Pedro França/Agência Senado

Durante sessão da CPI da COVID que acontece hoje, 18/05, o ex-ministro Ernesto Araújo, após dizer que “política externa deve fazer parte de um projeto eleito pelas urnas”, defendendo a orientação de extrema-direita do governo Bolsonaro no cenário internacional, chegou a dizer que jamais promoveu atrito contra a China.

Durante todo o ano de 2020 o que se viu foram inúmeras declarações xenofóbicas de Araújo contra os Chineses, além de declarações conspiracionistas, onde dizia que a pandemia na verdade se tratava de "comunavírus".

Araújo publicou em seu blog um artigo chamado "Chegou o comunavírus", onde dizia que o medo da doença se tratava de uma arma da esquerda rumo ao comunismo.




Tópicos relacionados

falta de vacinas   /    Vacinas para Todos e Quebra de Patentes   /    BolsonaroGenocida   /    Bolsonaro   /    COVID-19   /    Ernesto Araujo   /    China   /    Política

Comentários

Comentar