Sociedade

PANDEMIA

Já são 8 capitais com ocupação de UTIs acima de 80%

A crise da pandemia tem se intensificado no país nos últimos meses e teve em janeiro os piores números desde o seu início. Já são oito capitais em todo o país com taxa de ocupação dos leitos de UTI/Covid-19 acima de 80%.

quinta-feira 4 de fevereiro| Edição do dia

Foto: Marcelli Casal jr/Agência Brasil

A pior situação se encontra na região norte. Depois do ápice da crise da falta de oxigênio em Manaus, agora a falta de leitos de UTIs é o principal problema. Na capital do Amazonas, dos 379 leitos, 96% já estão ocupados. São 120 pessoas aguardando a espera de uma vaga. Em Porto Velho (RO) a situação é ainda pior. Todos os 151 leitos de UTI/Covid-19 estão ocupados e pacientes chegam a esperar até uma semana por uma vaga.

Completam a lista de capitais em estados mais críticos no país Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, São Luís, Florianópolis e Curitiba. Outras 10 capitais têm taxa de ocupação acima dos 70%. O levantamento foi realizado pela Folha e utilizou dados dos governos estaduais até a última segunda-feira, 1.

Apesar de o país todo estar num momento crítico da pandemia, muito por causa do descaso dos governos estaduais e federal, a diferença entre estados de regiões mais pobres como Norte e Nordeste quando comparadas com São Paulo ou outros estados das regiões Sul e Sudeste é gritante. Enquanto SP tem ao todo 8.844 leitos de UTI, os sete estados do norte do país têm juntos pouco mais de 1300 leitos.

Leia mais: Estudo confirma que mortalidade por Covid-19 é maior em regiões mais pobres

Além disso, dados recentes divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que a proporção de idosos entre os mortos por Covid-19 cresceu 5 pontos percentuais desde maio de 2020 e alcançou 74,2%. São os idosos e pessoas com comorbidades os que mais precisam de cuidados médicos quando contaminados e a falta de leitos de UTI afeta diretamente o aumento do número de vidas perdidas.

Pode te interessar: Falta de oxigênio em Manaus é fruto da irracionalidade capitalista




Tópicos relacionados

Crise do Coronavírus   /    Crise na Saúde   /    COVID-19   /    pandemia   /    Governo Bolsonaro   /    Sociedade

Comentários

Comentar