×

Palestina | Israel criminaliza seis ONGS Palestinas, impedido suas atuações na Cisjordânia

Nas últimas duas semanas, o Governo de Israel criminalizou diversas ONGs Palestinas, que realizavam seu trabalho na faixa de Gaza e na Cisjordânia. Com isso, o exército de Israel pode atuar diretamente contra estas organizações.

segunda-feira 8 de novembro | Edição do dia

No último Domingo, o chefe do Exército de Israel, responsável pela ocupação militar da Cisjordânia, assinou uma ordem onde classificou como terroristas seis ONGs palestinas. O Ministérios da Defesa de Israel já a duas semanas teria designado essas organizações como terroristas, entretanto suas ações na Cisjordânia ainda eram legais.

Agora com a ordem, o exército de Israel pode atuar contra a atuação direta dessas organizações com respaldo legal para prender seus funcionários, invadir seus escritórios e confiscar seus equipamentos.

O Estado genocida de Israel, alega que estas ONG teriam ligações com a Frente Popular de Libertação da Palestina (FPLP).Em comunicado oficial, as Forças Armadas de Israel afirmam que designaram as organizações como “ilegais na área da Judéia e Samaria, depois que lhe foram mostradas informações extensas, variadas e confiáveis indicando que essas organizações são um braço da organização terrorista Frente Popular para a Libertação da Palestina ”.

Outra acusação realizada à essas ONGs é a de desvio de dinheiro .As organizações foram acusadas de repassar verbas para a FPLP. Acusação que foi considerada como frágil, pois é oriunda de um depoimento de um ex-membro da FPLP que foi expulso por realizar desvios. Desta forma, é clara a intenção por parte do Governo de Israel de minar qualquer tentativa de auxilio ao Povo Palestino, uma verdadeira politica de extermínio ao povo Palestino.

Veja Também: Palestinos protestam contra ocupação ilegal do Estado de Israel e são duramente reprimidos




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias