×

Campus Virtual Esquerda Diário | Introdução a Trotsky será tema de debate no Grupo de Estudos Nordeste do Campus Virtual

No mês do 81 aniversário de seu assassinato pelo estalinismo, a particularidade deste único encontro é que será uma Introdução a sua trajetória e ao pensamento teórico do revolucionário bolchevique.

Shimenny Wanderley Campina Grande

segunda-feira 23 de agosto | Edição do dia

O grupo de estudos contará um único encontro, na sexta-feira 27 de agosto ás 17 h, via zoom e será baseado numa intervenção de Gonzalo Rojas, Professor de Ciência Política da UFCG numa mesa na própria universidade há alguns anos. Por sua vez, Italo Días, mestrando em Ciências Sociais na UFRN fará a mediação do debate.

Clique aqui para poder assistir à intervenção.

Trotsky foi, junto a Lenin, o mais importante teórico marxista do século XX, um dos principais dirigentes da Revolução Russa soviética de 1917, onde trabalhadores e camponeses russos, dirigidos pelo Partido Bolchevique, realizaram a revolução mais importante da história da humanidade.

Na Revolução Russa de 1905, Trotsky tornou-se presidente do primeiro soviet de Petrogrado, com apenas 26 anos.

Realizou inúmeros aportes teóricos ao marxismo e o leninismo, dentre os quais podemos destacar a Teoria da Revolução Permanente, mas também teorizou sobre outros grandes temas como: relações interimperialistas, sua relação com a economia e luta de classes, o surgimento do fascismo, a crítica implacável à política stalinista, os regimes bonapartistas “sui generis” nas semicolônias latino-americanas, revolução e contrarrevolução na URSS, sobre a guerra, redigiu com Lenin várias das principais resoluções da III Internacional e foi o fundador da Quarta Internacional, entre várias outras coisas.

Seu papel na organização do vitorioso exército vermelho quase a partir o nada, em luta contra os exércitos imperialistas e a oposição interna, permitiu a consolidação do Estado Operário soviético.

Sem dúvidas, Trotsky foi um dos mais importantes dirigentes da classe operária mundial, assim como Lenin, um teórico e dirigente da revolução, e sua tradição política e legado representa a verdadeira continuidade do marxismo revolucionário na época imperialista.

Foi assassinado em agosto de 1940, durante seu exílio no México por um agente stalinista, o espanhol Ramon Mercader.

Trotsky combateu a ascensão do Stalinismo, foi perseguido por este, mas elaborou importantes escritos sobre o fascismo, uma crítica ao Partido Comunista da Alemanha; fundou a IV Internacional, e elaborou o Programa de Transição, assim como contribuições centrais em termos estratégicos e táticos à luta do proletariado. Também criticou de forma aguda as políticas do stalinismo na China, na França, na Alemanha e na Espanha.

Em termos teóricos e de prática revolucionária, Trotsky oferece nos dias atuais lições valiosas para a classe trabalhadora, em termos políticos e estratégicos.

No Especial de Esquerda Diário do sábado 21 de agosto, data do assassinato, convidamos a ver o conjunto de programas sobre o revolucionário russo. Confira:

Especial Leon Trótski: Neste sábado especial Leon Trótski nos programas do Esquerda Diário

Convidamos a todes fazer sua inscrição gratuita no Grupo de Estudos Nordeste: [email protected]




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias