Sociedade

CORONAVÍRUS

Indígenas protestam por melhores condições de atendimento em frente a hospital em Manaus

A principal reivindicação dos manifestantes em frente ao Hospital de Combate à Covid-19 era de serem atendidos diretamente no hospital, sem precisar passar pelo encaminhamento de outras unidades de saúde.

quarta-feira 3 de junho| Edição do dia

Na manhã desta quarta-feira, 03, um grupo de indígenas organizou um protesto por melhores condições de atendimento no principal hospital de Manaus dedicado ao combate da Covid-19, o Hospital Nilton Lins. Dentre as reivindicações, estavam o direito de serem atendidos diretamente no hospital sem a necessidade de encaminhamentos de outras unidades de saúde bem como o direito às informações dos pacientes indígenas internados no local.

Segundo informações do G1, trata-se de hospital que possui uma ala exclusiva para o atendimento aos indígenas, com instalações adaptadas aos seus costumes, como a presença de redes, espaço para o pajé, observação de hábitos alimentares, entre outras condutas para respeitar as particularidades das etnias.

O estado do Amazonas, e a capital Manaus principalmente, atravessam o colapso de seu sistema de saúde. Muitos povos indígenas na região tem difícil acesso a unidades de saúde, até mesmo a ambulâncias. Além disso, estão entre os que estão mais expostos aos riscos de contágio pelas condições precárias de acesso ao saneamento básico.

Contra a política genocida de Bolsonaro e Damares é necessário que toda a verba, equipamentos e profissionais da saúde necessários para proteger a vida dos povos indígenas, seja disponibilizado para os próprios indígenas e coordenado conjuntamente com suas organizações comunitárias os recursos, assim como também garantir sua condição a autodefesa diante da invasão de latifundiários.




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Amazonas   /    Sociedade   /    Povos indígenas

Comentários

Comentar