×

Miséria | Índice de miséria bate recorde no governo neoliberal de Bolsonaro

O crescimento da inflação, a crise econômica em decorrência do coronavírus e as políticas neoliberais do governo Bolsonaro desencadeiam um marco recorde no índice de miséria no Brasil.

quarta-feira 11 de agosto | Edição do dia

Foto: Paula Fróes/BBC

O indicador mede a satisfação da população com o panorama econômico atual. Ele agrega o percentual de desempregados no país medido pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, o INPC, ambos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, cria-se uma relação básica entre a queda de renda e aumento do custo de vida.

Leia mais: Sabe o veto do Fundão que Bolsonaro prometeu? Mentira! Ele disse que manterá R$ 4 bilhões

Segundo o IBGE, a população-objetivo do índice é moradora de área urbana e tem rendimentos de 1 a 5 salários mínimos. Com a taxa de desemprego no Brasil em 14,6% no trimestre encerrado naquele mês, o indicador renovou recorde histórico, chegando a 23,47 pontos. Ao final da escalada, dada a expectativa de alta da inflação em 12 meses, os economistas preveem uma subida do indicador a 24,28 pontos.

Sobre o assunto: 19 milhões de pessoas com fome no Brasil

Enquanto o Brasil passa por uma das maiores crises de desemprego, fome e miséria, o auxílio emergencial foi reduzido para parcelas de R$150. Pessoas fazem filas em porta de açougue para conseguir restos de carne enquanto Bolsonaro mantém 4 bilhões para o fundo eleitoral de uma forma ridícula. Abaixo esse regime golpista de ataque aos trabalhadores. Que os capitalistas paguem pela crise!!

Pode interessar: Barrar as demissões e impor novas contratações com redução de horas e sem corte salarial




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias