×

Petrobrás | Indicados de Bolsonaro à ANP exigem a privatização da Transpetro, só a união dos petroleiros pode barrá-la

Em meio as mobilizações dos petroleiros contra as privatizações e pelo acordo coletivo, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) solicitou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a privatização da Transpetro.

quinta-feira 2 de junho | Edição do dia

Imagem: Reprodução

Em mais uma medida arbitrária para abrir caminho para as criminosas privatizações, que não passam de negociações corruptas autorizadas pelo STF, onde não há sem licitação, mas compras de empresas estatais a preços criminosos como foram os leilões das áreas do pré-sal de Sépia e Atapu, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) solicitou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que a Transpetro seja privatizada.

Saiba Mais:Governo entrega duas áreas do pré-sal por R$11 bilhões em leilão

A Petrobras Transporte S.A. – Transpetro é uma empresa subsidiária da Petrobras que opera no transporte e logística em terminais, oleodutos e navios, sendo cobiçada pela ANP, sob a suposta defesa dos interesses dos trabalhadores, o que na realidade é uma grande mentira. Muito pelo contrário, todas as mídias, inclusive nós do Esquerda Diário, já anunciamos que o preço dos combustíveis na Bahia, onde aconteceu a primeira privatização de uma refinaria Petrobrás, são ainda mais caros que os combustíveis vendidos pela empresa.

Leia Também: Com primeira refinaria privatizada, Bahia tem diesel mais caro do país: pela reversão imediata das privatizações!

A privatização, cujo processo veio escalonando enquanto obra do Golpe Institucional e agora com o governo de Bolsonaro, visa a entrega a preços irrisórios de ativos, conhecimento do país a gigantes capitalistas nacionais e imperialistas. Dessa forma, a privatização da Transpetro não seria diferente do que veio sendo todas as privatizações ocorridas, impactando não só enquanto um ataque às condições de trabalho dos trabalhadores, mas também o uso desses recursos voltados exclusivamente para interesses dos capitalistas e não da população.

Este ataque acontece em meio ao início da mobilização dos petroleiros contra as privatizações e pelo seu acordo coletivo, sendo que hoje mesmo aconteceram diversos atos em refinarias e terminais além de uma entrega de pauta à direção privatista indicada por Bolsonaro, num ato unificado das duas federações de trabalhadores petroleiros. Frente a isso, é urgente que as Centrais Sindicais como CUT e CTB organizem os trabalhadores não só para barrar este ataque, mas também para que sejam revogadas integralmente todas as reformas neoliberais e as privatizações, para que as mesmas estejam sob controle dos trabalhadores. Acompanhe aqui no Esquerda Diário mais notícias da luta dos Petroleiros e das mobilizações que aconteceram no dia de hoje.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias