×

Racismo | Homem negro é chamado de ‘macaco’ por Guarda em protesto contra racismo e violência policial no Rio

Ato racista aconteceu durante ato contra o assassinato do vendedor de balas Iago Macedo, em Niterói, Rio de Janeiro.

quinta-feira 17 de fevereiro | Edição do dia

Imagem: Reprodução

Mais um caso claro e absurdo de racismo ocorreu nesta semana no Rio de Janeiro. Durante uma manifestação em repúdio a morte do camelô Iago Macedo, um homem negro que estava sendo violentamente reprimido por policiais militares foi chamado de macaco duas vezes por um guarda municipal.

O ato ocorreu em frente às estações das barcas em Niterói, região metropolitana do Rio, na segunda-feira(14). Em vídeo realizado por um jornalista do SBT ficam explícitas as duas cenas de racismo, confira:

Este caso vem na esteira de casos de violência racista que ocorreram nas últimas semanas no Rio, como o caso de Moïse e do próprio Iago Macedo, que foi morto por um policial fora de serviço que simplesmente o executou ao meio-dia com alegações absurdas de um possível assalto.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias