Sociedade

VIOLÊNCIA

Absurdo: Homem ateou fogo em sem-teto que dormia em Brasília

Vítima teria 35% do corpo queimado. Caso é investigado como tentativa de homicídio.

sexta-feira 23 de outubro| Edição do dia

Foto: TV Globo/Reprodução

Reginaldo dos Santos Nunes, de 42 anos, homem em situação de rua, foi incendiado vivo enquanto dormia em Taguatinga, Brasília. Caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira(23).

Samu informou que entrou homem abaixo da marquise do prédio da Caixa Econômica Federal, localizada próximo a Praça do Relógio em Taguatinga, Brasília.

Ele foi levado para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran), que é referência no tratamento de queimados. Segundo os médicos ele teve queimaduras de 1º e 2º grau, mas felizmente sobreviveu.

Brasília tem histórico de violência contra pessoas em situação de rua, um dos casos mais emblemáticos e famosos de violência contra pobres foi no caso de Galdino, um homem indígena que morreu queimado vivo, enquanto dormia em 1997. Esse assassinato foi além de crime contra pobreza um crime de ódio étnico e gerou comoção internacional.

Leia também: Por Letícia Parks - Há 23 anos, índio Galdino era assassinado na Asa Sul.




Tópicos relacionados

Situação de Rua   /    Pobreza   /    Violência racista   /    Sociedade   /    Brasília

Comentários

Comentar