×

Crise de combustíveis | Guerra na Ucrânia e aumento de preço na energia tem impacto em 42% das indústrias brasileiras

Indústrias de transformação, extrativa e de construção afirmaram sofrer impactos com a guerra na Ucrânia, que aumentou os custos de matérias primas como a energia. Entre a crescente privatização e os impactos da guerra, é necessário lutar por uma Petrobrás e Eletrobrás 100% estatais.

sexta-feira 3 de junho | Edição do dia

Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil

Em levantamento feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 42% das indústrias de transformação e extrativas afirmaram sofrer impacto com a guerra na Ucrânia, principalmente por conta do aumento no preço da energia.

A guerra vem trazendo impactos internacionais na economia e no mercado financeiro no Brasil, frente às sanções econômicas à Rússia e a Política de Paridade de Importação, que iguala os preços nacionais do combustível aos preços do mercado internacional.

Veja aqui: Os preços dos combustíveis, guerra e crise capitalista

Com os ataques à Petrobrás e o avanço na privatização da Eletrobrás, combinada à guerra e a crise dos combustíveis, é necessário lutar pela reversão de todos os ataques e estatização completa de ambas Petrobrás e Eletrobrás sob controle dos trabalhadores e da população, para garantir combustíveis, energia e insumos baratos, bem como o fim da definição do custo de vida pela cobiça do mercado financeiro.

Leia também: Como enfrentar a extrema-direita bolsonarista sem sucumbir à conciliação de classes?




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias