×
Rede Internacional

IMPOSTO SOBRE DIVIDENDOS | Guedes propõe que dividendos de até 20 mil reais por mês sigam isentos de imposto

Imposto serve pra cobrir diminuição de IR para empresas e ainda vai permanecer uma alta faixa de isenção

terça-feira 22 de junho | Edição do dia

Foto: Poder360

O ministério da Economia pretende apresentar nesta semana a proposta que tributa dividendos, pagamentos que acionistas de uma empresa recebem por parte do lucro gerado –hoje isenta de imposto.

Na equipe econômica, a ideia é permitir que dividendos de até R$ 20.000 fiquem sem incidência de taxas, tendo ainda uma boa parcela de empresas que estarão cobertas por essa proposta, que define uma alíquota de 20%. O objetivo do governo é realizar uma troca com os empresários. Para compensar a taxação de dividendos, a reforma tributária pretende reduzir em 2,5 pontos percentuais a carga de impostos sobre empresas no 1º ano em que entrar em vigor. Em um 2º ano, haveria novo corte de 2,5 pontos. Dessa forma, as empresas que hoje pagam, em média, 39% de tributos, teriam essa taxa total reduzida para 34% em 2 anos.

Leia também: PIB brasileiro cresce 1,2% no primeiro trimestre, mas consumo das famílias recua

Reformas como estão sendo propostas a tributária e a administrativa podemos chamar da “obra econômica do golpe institucional” vão se acumulando com a desculpa de “salvar a economia” e “cortar privilégios", quando na verdade servem diretamente a manter os lucros dos empresários, banqueiros e os privilégios das altas castas da política e do judiciário e encher os bolsos do imperialismo através do pagamento da dívida pública.

Pode te interessar: Privilegiados não são os servidores, são os bancos que recebem 1 trilhão da dívida pública




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias