×

Paraíso fiscal | Guedes escondeu que ao deixar direção de offshore colocou sua filha no lugar

O deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) afirmou que Paulo Guedes omitiu a informação de que sua filha assumiu a direção da empresa milionária em paraíso fiscal.

terça-feira 16 de novembro | Edição do dia

A offshore, revelada pela Pandora Papers, rendeu a Guedes mais de 16 milhões de reais fruto da desvalorização do real que ele mesmo causou. Ao enviar documentos para a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, Vaz diz que Guedes não apresentou a informação na Declaração Confidencial de Informações de que sua filha, Paula Drumond Guedes, continuou na direção da Dreadnoughts International - que graças a sua política de destruição da moeda real vale atualmente mais de 50 milhões de reais.

Fica muito evidente porque Guedes criticava o dólar barato, para poder lucrar rios de dinheiro em cima de um real desvalorizado que assola diretamente a vida dos brasileiros e enche o bolso dele e de outros com a miséria criada por sua política. Vaz firma que ministro violou artigo 5º do Código de Conduta da Alta Administração Federal que diz que “é vedado o investimento em bens cujo valor ou cotação possa ser afetado por decisão política governamental a respeito da qual a autoridade pública tinha informações privilegiadas, em razão do cargo ou função”.

Está marcada audiência na próxima terça-feira (16) na Câmara dos Deputados para Guedes falar sobre a offshore, convocada pelas comissões de Fiscalização Financeira e Controle e de Trabalho, Administração e Serviço Público. Contudo, na última sexta (12), ministro enviou ofício à Comissão informando que estará ausente, pois estará em Dubai junto a Bolsonaro.

Veja também:
Prevent Senior, MRV e Riachuelo: veja patrimônio milionário de empresários em offshores->https://www.esquerdadiario.com.br/Prevent-Senior-MRV-e-Riachuelo-veja-patrimonio-milionario-de-empresarios-em-offshores]




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias