ELEIÇÕES 2020

Grande ’arrastão’ LGBT marca a campanha da Bancada Revolucionária

Mais de cem LGBT´s, mulheres e jovens marcaram uma grande arrastão em importantes vias da capital paulista em apoio à Bancada Revolucionária.

sábado 14 de novembro| Edição do dia

Na noite de sexta (13), mais de cem pessoal realizaram um importante arrastão LGBT, com o objetivo de convencer os eleitores a votarem e também debaterem as ideias da Bancada Revolucionária, composta por Diana Assunção, Letícia Parks e Marcello Pablito que concorrem ao cargo de vereador na cidade São Paulo através de uma candidatura coletiva.

Passando por importantes vias da cidade, como a Augusta, Consolação e Freio Caneca, as ativistas cantavam músicas e distribuíram panfletos da Bancada.

Virgínia Guitzel, importante ativista LGBT declarou que "eu voto na Bancada porque ela representam um feminismo socialista e revolucionária. Estiveram na luta de frente por justiça à Mari Ferrer, e combatendo todas as formas de opressão, como a transfobia e o racismo. Se colocam frontalmente contra Bolsonaro e Mourão que é a extrema-direita declaradamente homofóbica que governa esse país junto com tudo o que há de mais podre nesse país. Por isso no domingo não tenho nenhuma dúvida, é 50200 na urna com Diana e a Bancada Revolucionária."

Confira as fotos:




Tópicos relacionados

LGBTfobia   /    Bancada Revolucionária de Trabalhadores   /    Mês do Orgulho LGBTQ+   /    LGBT

Comentários

Comentar