×

Nessa sexta-feira | Géssica livre! Após prisão absurda no caso Borba Gato, Géssica será solta

Géssica Barbosa havia sido presa de forma arbitrária e absurda nessa quarta-feira (28) após seu companheiro, Paulo Galo, ter se apresentado à polícia para explicar o incêndio ao monumento do bandeirante Borba Gato. Géssica foi presa sem ter feito nada. Mobilização nas redes segue pelo #LiberdadeParaGalo.

sexta-feira 30 de julho | Edição do dia

Foto: Instagram

Como a própria Géssica havia afirmado, ela estava em casa durante o ato, mas mesmo assim foi presa. A prisão arbitrária e racista tem como objetivo intimidar aqueles que defenderam a ação que contestou a presença de um monumento erguido em homenagem a um Bandeirante no meio da cidade de São Paulo.

A decisão de soltá-la foi da justiça que, após depoimento de Géssica, determinou sua soltura. A decisão da justiça diz "após análise das ERBs de seu aparelho telefônico constatou-se que este encontrava-se próximo a sua residência. Por fim, informa que até o presente momento, não foram identificadas nos vídeos manifestantes do gênero feminino".

Galo segue preso, mas é possível ver que a mobilização nas redes até agora tem surtido efeito.Como Letícia Parks afirmou, "É absurda a ordem de prisão preventiva contra o entregador antifascista Paulo Galo e os outros investigados pelo incêndio aos pés da estátua do bandeirante escravagista Borba Gato. A esquerda, os sindicatos, movimentos sociais e entidades estudantis devem levantar uma forte campanha democrática por liberdade imediata, pela retirada do processo e em defesa da nossa liberdade de manifestação."

Nas redes, o perfil de Galo publicou:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias