Mundo Operário

DEMISSÕES

Ford demite trabalhadores terceirizados da alimentação em Taubaté/SP

quinta-feira 4 de fevereiro| Edição do dia

Foto: Reprodução/ TV Vanguarda

A Ford segue com o seus planos de demissões e deixando famílias nas ruas em meio a crise sanitária e o aumento do desemprego. Recebemos denúncias de trabalhadores que a unidade de alimentação da Ford na cidade de Taubaté/SP demitiu 12 trabalhadores terceirizados no início desta semana.

Segundo o relato, após as demissões apenas 5 funcionários seguiram trabalhando para suprir as áreas essenciais da unidade que ainda seguem funcionando. Ainda foi informado ao Esquerda Diário que os trabalhadores remanescentes iniciaram uma greve no início da semana contra as demissões e a sobrecarga que 5 funcionários estão tendo que lidar.

O anúncio de fechamento da Ford no Brasil pegou milhares de trabalhadores de surpresa, não só os pouco mais de 5 mil trabalhadores efetivos, mas toda uma cadeia produtiva que envolve efetivos e terceirizados. O impacto pode chegar direta ou indiretamente à vida de mais de 100 mil famílias em todo o país, o que em meio ao aumento da pandemia e da crise só tende a tomar contornos mais graves.

Ainda não sabemos de mais informações se os trabalhadores terceirizados estão em greve. O Esquerda Diário estará na cobertura e prestando solidariedade a essa luta importante das trabalhadoras e trabalhadores.




Tópicos relacionados

Fechamento da Ford Brasil   /    Solidariedade com os trabalhadores da Ford   /    Trabalhadores Terceirizados   /    Ford   /    Demissões   /    Desemprego   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar