Política

CORRUPÇÃO

Flávio Bolsonaro diz que vendeu imóvel no RJ para pagar mansão, mas sem registro da venda

O senador Flávio Bolsonaro afirmou em março ter vendido apartamento no Rio de Janeiro para custear a compra em uma mansão de quase R$ 6 milhões em Brasília. Mas Flávio não informou o valor da venda e, segundo reportagem, a venda nem foi registrada.

sexta-feira 2 de abril| Edição do dia

Foto: mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília

No início de março, Flávio Bolsonaro gravou um vídeo afirmando que a mansão comprada por quase R$ 6 milhões no Lago Sul de Brasília foi, em parte, paga com dinheiro proveniente da suposta venda do apartamento em que residia no Rio de Janeiro. O senador não informa quanto teria sido o valor da venda, e o restante do valor da mansão teria sido financiado.

Entretanto, segundo apurado pela coluna de Juliana Dal Piva no UOL, não há registro da venda do apartamento nos cartórios do Rio de Janeiro. Portanto, até então, a mansão foi comprada com dinheiro não declarado.

O apartamento que supostamente foi vendido no Rio de Janeiro é um dos alvos das operações que investigam o esquema de “rachadinhas”, que teria sido mantido na época em que Flávio Bolsonaro era deputado estadual no RJ. Investigadores afirmam que quase R$ 300 mil usados na compra do apartamento vieram de depósitos sem origem identificada.

A cada dia mais sujeira da família Bolsonaro vêm à tona para demonstrar como seu discurso de combate à corrupção foi pura demagogia mentirosa. Veja mais sobre os esquemas de rachadinha da família Bolsonaro [aqui. https://www.esquerdadiario.com.br/rachadinha]




Tópicos relacionados

rachadinha   /    Flavio Bolsonaro   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar