Sociedade

Flavia Valle: "É urgente organizarmos uma forte luta contra a privatização do SUS"

Diante do decreto de privatização do SUS de Bolsonaro e Guedes a professora Flavia Valle, candidata a vereadora em Contagem do MRT por filiação democrática no PSOL, chama as centrais sindicais, os candidatos e parlamentares da esquerda a organizarem uma forte luta para derrotar esse ataque.

quarta-feira 28 de outubro| Edição do dia

Diante da enorme repercussão do decreto publicado pelo governo Bolsonaro prevendo a privatização das Unidades Básicas de Saúde (UBS), a porta de entrada do sistema público de saúde, por meio de concessões e privatizações em PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) a professora Flavia Valle, candidata a vereadora em Contagem do MRT por filiação democrática no PSOL declarou que:

"A privatização do SUS vai custar a vida de centenas de milhares de pessoas. O governo Bolsonaro publicou esse decreto que prevê a concessão a empresas privadas das Unidades Básicas de Saúde (UBS), tudo em nome de atender os interesses dos empresários capitalistas. Somos o segundo país do mundo em número de mortos por Covid-19, imaginem com seria se não fossem o SUS para salvar milhares de vida? A responsabilidade por cada vida perdida é de Bolsonaro e Guedes, dos governadores, dos prefeitos e do judiciário golpista que ao longo de todos os anos buscaram atacar e destruir a saúde pública no Brasil. Como foi com a aprovação da PEC do Teto dos Gastos públicos e dos enormes cortes dos governos, inclusive durante as gestões do PT. É urgente organizarmos uma forte luta nacional contra a privatização do SUS, lutando para reverter esse absurdo decreto imediatamente. As centrais sindicais devem sair da paralisia e convocar atos em todos os estados contra o projeto privatista de Bolsonaro e Guedes, unificando os conjunto da classe trabalhadora para lutar em defesa do SUS, contra as privatizações e os ataques como a reforma administrativa. Uma medida que deveria ser impulsionada por todas as candidaturas e parlamentares dos partidos de esquerda no país, lutando por um SUS 100% público e administrado por seus trabalhadores."




Tópicos relacionados

Flavia Valle   /    Privatização da Saúde   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Paulo Guedes   /    Governo Bolsonaro   /    SUS   /    Sociedade   /    Saúde

Comentários

Comentar