×

#MarcoTemporalNão | Felipe Neto ataca defensores do Marco Temporal: "Quem defende isso? Neoliberais e cadelinhas do agronegócio"

A luta indígena vem ganhando adesão de várias celebridades que se solidarizam aos povos originários contra a criminosa ofensiva do agronegócio através do Marco Temporal. Felipe Neto, Gisele Bundchen, Alok, Vitão, foram algumas personalidades que apoiaram o direito elementar dos indígenas de terem suas terras tradicionais reconhecidas.

quinta-feira 26 de agosto | Edição do dia

A mobilização histórica dos indígenas acampados desde domingo em Brasília só cresce, contando com aproximadamente 10 mil indígenas de mais de 170 povos que estão nesse acampamento para pressionar o STF a votar contra a absurda tese do agronegócio que deseja com ela avançar nas terras indígenas.

Veja mais: 5 pontos para entender o histórico acampamento indígena em Brasília

Hoje, em uma das ações levantadas pelos indígenas, ocorreu um tuitaço em apoio a causa. Felipe Neto manifestou seu apoio a luta indígena atacando os defensores da tese ruralista:

Felipe Neto é mais um entre muitos artistas que vem acampando a causa que é decisiva para o futuro das demarcações de terra no país. A modelo Gisele Bundchen foi outra que manifestou via redes sociais seu apoio. O renomado DJ Alok visitou pessoalmente o acampamento para contar sua relação com a cultura indígena e se posicionar contra o Marco Temporal, assim como o cantor Vitão.

Enquanto isso a mídia segue a seu cerco midiático sem dar visibilidade para essa luta que é histórica, a maior em todo o período pós constituinte segundo os indígenas. Por isso, é fundamental que os sindicatos e entidades estudantis busquem dar apoio ativo à luta. A vitória dos indígenas contra o agronegócio, o judiciário e o governo Bolsonaro seria um enorme ponto de apoio para avançar a luta de todos os trabalhadores contra os ataques do regime.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias