FORD

Fechamento da Ford deixará 118.864 mil trabalhadores desempregados

Apesar de serem 5 mil demissões de trabalhadores diretos da empresa automobilística, a soma dos cargos indiretos que serão encerrados com o fechamento da empresa chega a 118.864 mil.

terça-feira 19 de janeiro| Edição do dia

Foto: reprodução

Com o fechamento das três unidades da Ford no Brasil, na Bahia, em São Paulo e no Ceará, os trabalhadores ligados à empresa direta e indiretamente terão perdas na casa do bilhão. Já são 5 mil demitidos entre os trabalhadores com ligação direta com a indústria automobilística.

Entretanto, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) aponta a perda potencial de postos de trabalho será muito maior: 118.864 mil postos de trabalho diretos e indiretos e serão encerrados em 2021. Isso é equivalente a mais de R$ 2,5 bilhões de perda em massa salarial aos trabalhadores.

A Ford afirmou que manterá apenas a sede administrativa da América do Sul no Brasil, o Centro de Desenvolvimento de Produto e o Campo de Provas e que as vendas dos automóveis da marca serão encerradas após o fim dos estoques.




Tópicos relacionados

Ford   /    Trabalhadores   /    Desemprego

Comentários

Comentar