×

RECIFE | Familiares protestam exigindo justiça para entregador que perdeu a perna após ser atingido por viatura policial

Nesta terça (16) às 17h, no bairro de Água Fria, familiares e amigos de Juan Gabriel reuniram mais de 50 pessoas e realizaram protesto exigindo justiça após atropelamento escandaloso executado por uma viatura policial que levou a amputação da perna do jovem entregador.

terça-feira 16 de novembro | Edição do dia

Juan Gabriel é entregador de aplicativos de comida e estava trabalhando quando foi atingido por uma viatura policial. O jovem de 18 anos sofreu fratura exposta e precisou amputar a perna. A policial que dirigia a viatura ainda tentou fugir sem prestar socorro. Os manifestantes indignados exigem a punição do policial militar que conduzia o veículo.

Segundo Aluízio José da Silva, pai de Juan Gabriel, a policial militar não foi submetida a exame de alcoolemia após o atropelamento. "Ela invadiu a contramão, bateu nele e foi embora sem prestar socorro. Precisou parar o carro a 500 metros do local porque o pneu do carro dela furou", afirmou.

O trânsito ficou parado por duas horas e meia nos dois sentidos da Avenida Norte, na Zona Norte do Recife, por conta do protesto. Com cartazes nas mãos, os manifestantes fecharam o trânsito na altura do cruzamento com a Rua Treze de Junho, no bairro do Rosarinho e atearam fogo em caixas, pneus e pedaços de madeira.

A policial foi levada para a Central de Plantões da Capital (Ceplanc) e autuada em flagrante por lesão corporal culposa na direção de veículo, mas pagou fiança e foi liberada.

O Esquerda Diário se solidariza profundamente com Juan Gabriel, seus amigos e familiares, e se coloca ao lado deste e futuros protestos contra a instituição policial.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias