Juventude

OCUPAÇÃO DA REITORIA UFPB

Estudantes ocupam UFPB contra intervenção de Bolsonaro

Após Bolsonaro nomear um interventor em mais uma faculdade, a UFPB, os estudantes fazem protestos e ocupam a reitoria.

quinta-feira 12 de novembro| Edição do dia

Na esteira dos ataques à Universidade que tem feito em escala nacional, Bolsonaro escolheu mais um alvo: a UFPB. Após a eleição para a reitoria na faculdade, Bolsonaro nomeou o último colocado, o professor Valdiney Gouveia. Ontem ocorreu a posse do interventor, com direito a um pedido de proteção divina.

No entanto, os estudantes não estão deixando barato. Desde o dia 6, logo após a nomeação por Bolsonaro, os estudantes fizeram um ato e ocuparam a reitoria e se acorrentaram contra a intervenção de Bolsonaro. No dia 10, a justiça determinou a reintegração de posse da reitoria, mas mesmo assim os estudantes seguem na ocupação.

Essa não é a primeira intervenção de Bolsonaro. Desde que assumiu, Bolsonaro tem passado por cima das eleições para reitor em várias faculdades e nomeando aliados para a reitoria, além de uma série de ataques às universidades, como os cortes no ano passado, alegando que só havia "balbúrdia" nas universidades e também o Future-se.

Ver essa foto no Instagram

#foravaldiney @aufpbsomosnos @ufpb.oficial @ufpbocupada @meteorobrasil

Uma publicação compartilhada por Ocupação Alph (@ufpbocupada) em

Por isso, nós do MRT e do Esquerda Diário rechaçamos a intervenção de Bolsonaro e apoiamos a luta dos estudantes. É necessário cercar essa luta de solidariedade e também fortalecer as lutas estudantis de todo o país conta as intervenções de Bolsonaro.

Junto com o rechaço à intervenção e a defesa da autonomia universitária, também é necessário questionar profundamente a estrutura universitária. Por isso, defendemos a necessidade de uma estatuinte livre e soberana, para forma um governo tripartite onde tanto estudantes, quanto professores e trabalhadores estejam representados na proporção de 1 voto por cabeça.




Tópicos relacionados

Interventores nas Federais   /    Governo Bolsonaro   /    Intervenção Federal   /    Jair Bolsonaro   /    Universidade   /    Juventude

Comentários

Comentar