×

Covid | Estado do RJ tem UTIs de covid com maior lotação em 2 meses, e cidades com 100% de lotação

Ao menos sete municípios do Rio de Janeiro estão hoje com ocupação máxima nos leitos de UTI para covid-19. A ocupação na rede pública estadual é de 70%, o maior índice desde 13 de junho, quando 71% dos leitos de UTI.

quarta-feira 18 de agosto | Edição do dia

Foto: Mariana Ramos /Agência Brasil

Os municípios que não têm mais vagas disponíveis são: Itaguaí (5 leitos ocupados), Bom Jesus Do Itabapoana (65), Cantagalo (10), Itaperuna (10), Miracema (6), Nova Friburgo (20) e Teresópolis (29). Já a rede pública municipal na cidade do Rio de Janeiro tem ocupação de 95% para UTIs de covid e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, 91%. Na capital, a ocupação é de 95%, segundo o painel de monitoramento da pandemia mantido pelo governo do estado.

Sobre o assunto: Por responsabilidade de Doria, interior de SP bate recorde de internações em UTIs

O estado do Rio de Janeiro registrou 116 mortes por covid-19 e 4.925 novos casos da doença no período de 24 horas, segundo boletim divulgado na tarde desta terça-feira (17) pela secretaria estadual de Saúde. Até agora, 60.771 pessoas morreram em função do coronavírus no estado do Rio, que registra 1.088.188 casos da doença. A capital concentra tanto o maior número de mortes (31.131) como o maior número de casos no estado (424.475).

Leia também: Região sul de MG passa por pior momento da pandemia com lotação de hospitais

O estado tem apenas 28% da sua população vacinada completamente vacinada contra a covid e o a lotação e espera para leitos de UTIs vem aumentando semanalmente. Entre os dias 8 e 12 deste mês, o número de pessoas à espera de leito (de UTI ou enfermaria) subiu de 54 para 152, quase três vezes. Trata-se da maior fila para internação em três meses.

Pode interessar: Planos de saúde devem 2,9 bilhões ao SUS, lutemos pela estatização de todo o sistema de saúde




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias