×

Insegurança alimentar | Escolas denunciam envio de alimentos estragados por parte da prefeitura de SP

Desde o dia 4 de fevereiro, com o retorno das aulas nas escolas da rede Municipal de São Paulo, diversos diretores vêm denunciando que a prefeitura de Ricardo Nunes (MDB) está entregando alimentos estragados para os alunos.

quarta-feira 16 de fevereiro | Edição do dia

Desde o dia 4 de fevereiro, com o retorno das aulas nas escolas da rede Municipal de São Paulo, diversos diretores vêm denunciando que a prefeitura de Ricardo Nunes (MDB) está entregando alimentos estragados para os alunos.

Entre as principais denúncias estão verduras e legumes podres, pacotes de arroz com larvas, biscoitos mofados e de sacos de ervilha com carunchos. As principais escolas que estão recebendo alimentos estragados também são das zonas mais periféricas, como em Pirituba (Zona Norte) e outras escolas espalhadas pelo Sul da capital paulista.

Entregar comida estragada para crianças e adolescentes comerem faz parte do legado do PSDB (Nunes, apesar de não ser do PSDB, era vice de Covas e aliado do partido) de roubar merenda (Alckmin, que agora está tramitando ser vice de Lula) e de querer fazer ração humana para crianças (João Dória). Mas também é fruto do sistema capitalista, que coloca o lucro em cima das vidas, e que não se importa se metade do país vive em insegurança alimentar ou se crianças vão desenvolver alguma doença por comer comida estragada. É necessário batalhar pela estatização das grandes indústrias de produção e distribuição de alimentos sob controle dos trabalhadores para que casos como esses não se repitam, afinal, são os filhos e filhas dos mesmos trabalhadores que estão sendo prejudicados pelo lucro dos grandes empresários.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias